Advogados trocam maior remuneração por estabilidade

0
Comentários
0
likes
0
Coment.
0
likes

— Matéria publicada no portal Conultor Jurídico — 

Se as dificuldades e imposições da rotina de advogado podem ser compensadas com altos salários, a carreira pública oferece, além de pagamentos atrativos para quem está começando a carreira, a estabilidade. O advogado e professor Sérgio Camargo diz que durante a graduação “a maioria dos alunos pretende seguir carreira pública; geralmente apenas meia dúzia pretende advogar”. Para ele, que leciona na Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro e trabalha no escritório Sérgio Camargo Advogados Associados, a carreira pública é a primeira opção por oferecer estabilidade profissional. “Eles não querem ficar ao bel prazer do setor privado, com suas instabilidades financeiras, metas, questões de empatia, podendo ser demitido a qualquer hora, e ganhando até salários abaixo do piso.”

No entanto, não é apenas o conforto da carreira pública ou o salário oferecido para iniciantes que atrai os advogados. Julian Barros, que advoga há dez anos e leciona Direito em faculdades do RJ, está prestando concurso para juiz motivado pela vocação. “Parte das pessoas visa o aspecto financeiro, mas, no meu caso, é uma vocação especial pela matéria. Eu advogo há dez anos, mas sempre fui mais professor que advogado, e o trabalho de juiz me cai como uma luva”, conta. Julian, contudo, reconhece que a “o grande atrativo da carreira é a vitalicidade”.

Vocação e estabilidade também levaram o criminalista Carmine Lorenzo a concorrer a uma vaga de delegado da Polícia Federal. “Nunca me faltou e sempre foi tranquilo arrumar trabalho como advogado, e financeiramente eu ganho mais do que ganha um delegado da PF. Mas tem a questão da vocação e também da estabilidade”, afirma Lorenzo. Ele acredita que tem vocação para ser delegado: “Primeiro pelas atribuições, e pela notoriedade do cargo, estar sempre na mídia, é um cargo importante, envolve investigações importantes em nível nacional.”

Já Camargo fez o caminho inverso. Logo que se formou, prestou concurso para a Petrobras, onde atuou por cinco anos, mas voltou para o setor privado. “Mesmo com toda a segurança da carreira pública, para quem é bom, o dinheiro está no setor privado”, afirma ele, que também encontrou a satisfação pessoal na advocacia. “O cara que estudou Direito por quatro anos, às vezes passa num concurso para virar carimbador de papel. Ele não usa para nada o intelecto que desenvolveu”, diz.

Veja os concursos para cargos jurídicos que estão em andamento:

 

Nacional

Telebrás
Advogado especialista em gestão de telecomunicações
As inscrições ficam abertas até o dia 1º de fevereiro. Quatro vagas estão disponíveis, mas também serão selecionados profissionais para o cadastro de reserva. A remuneração para o cargo é de R$ 5.825,11. O edital pode ser acessado no site do Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília. Clique aqui para acessá-lo.

 

Região Centro-oeste

Tribunal de Justiça do Distrito Federal
Analista judiciário
As inscrições estão abertas até 23 de fevereiro. São 15 vagas para o cargo, com remuneração de R$ 7.566,41. Para concorrer, é necessário ser formado em Direito. O edital pode ser encontrado no site do Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília. Clique aqui para acessá-lo.

Tribunal de Justiça do Distrito Federal
Oficial de Justiça avaliador
As inscrições estão abertas até 23 de fevereiro. São seis vagas para o cargo, com remuneração de R$ 7.566,41. O único requisito para concorrer é ter bacharelado em Direito. O edital pode ser encontrado no site do Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília. Clique aqui para acessá-lo.

Polícia Civil do Estado de Mato Grosso do Sul
Delegado
As inscrições estão abertas até o dia 8 de fevereiro. São 30 vagas disponíveis, com remuneração de R$ 9.035,55. Para concorrer, é necessário ter bacharelado em Direito, e pelo menos três anos de atuação em atividade jurídica. O edital pode ser encontrado e as inscrições podem se feitas no site do governo estadual deMato Grosso do Sul. Clique aqui para acessá-lo.

 

Região Norte

Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região
Juiz do Trabalho
As inscrições ficam abertas até o dia 6 de fevereiro. Estão disponíveis oito vagas para o cargo de juiz do trabalho, com salário de R$ 21.766,15. O concurso também se destina a formar cadastro de reserva. Para concorrer, é preciso ser bacharel em Direito, e ter exercido pelo menos três anos de atividade jurídica. As inscrições podem ser feitas no site do TRT-14. Para acessá-lo, clique aqui.

Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região
Juiz substituto
As inscrições estão abertas até as 14h do dia 6 de fevereiro. A remuneração para o cargo é de R$ 21.766,15, para 44 horas de trabalho semanais. As oito vagas disponíveis são destinadas aos estados de Rondônia e Acre. Para concorrer, é necessário ter exercido atividades jurídicas por no mínimo três anos após o bacharelado. O concurso tem validade de dois anos. Para mais informações, clique aqui e acesse o site do TRT-14.

Ministério Público do Estado do Acre
Analista processual
As inscrições ficam abertas até 31 de janeiro. Estão disponível 94 vagas para o cargo de analista processual, com remuneração de R$ 3.500. Para concorrer é necessário ter bacharelado em Direito. As inscrições podem ser feitas e o edital pode ser consultado no site da Fundação Escola Superior do Ministério Público. Para acessá-lo, clique aqui.

Tribunal De Justiça do Estado de Roraima
Notário
As inscrições ficam abertas até 27 de fevereiro. O concurso se destina ao preenchimento de 23 vagas de provimento para o cargo de notário. O salário não foi divulgado. Para concorrer, é necessário ser bacharel em Direito ou ter exercido, por mais de 10 anos, serviço notarial ou de registro. As inscrições podem ser feitas no site do Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília. Clique aqui para acessá-lo.

Polícia Civil Do Estado Do Pará
Delegado
As inscrições serão abertas em 20 de fevereiro, se encerrando em 17 de março. São 150 vagas disponíveis para o cargo de delegado. O salário é de R$ 7.695,02. Para concorrer, é necessário ter formação em Direito. As inscrições podem ser feitas no site da Universidade do Estado do Pará. Clique aqui para acessá-lo.

 

Região Nordeste

Tribunal Regional do Trabalho da Bahia
Juiz
As inscrições ficam abertas até o dia 4 de fevereiro. Estão disponíveis sete vagas de juiz substituto, com remuneração de R$ 21.766,15. A seleção também se destinará à formação de cadastro de reserva, que terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois. Para concorrer, é necessário o bacharelado em Direito, e o exercício de atividades jurídicas por no mínimo três anos. As inscrições podem ser feitas no site do Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília. Clique aqui para acessá-lo.

Assembleia Legislativa do Estado da Paraíba
Procurador
As inscrições estão abertas até o dia 6 de fevereiro. Apenas uma vaga está disponível. A remuneração para o cargo é de R$ 11 mil. Para concorrer, é preciso ser bacharel em Direito e ter inscrição na OAB. O edital pode ser acessado no site da Fundação Carlos Chagas. Clique aqui para acessá-lo.

Polícia Civil Do Estado Da Bahia
Delegado
As inscrições ficam abertas até o dia 19 de fevereiro. Estão disponíveis 100 vagas para o cargo de delegado, com remuneração de R$ 9.155,28. Para concorrer, é necessário ter bacharelado em Direito. As inscrições podem ser feitas no site do Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília. Clique aqui para acessá-lo.

 

Região Sudeste

Polícia Civil do Estado de Minas Gerais
Analista
As inscrições serão abertas em 18 de março, e se encerram em 18 de abril. São 38 vagas para o cargo de analista, com remuneração de R$ 1.707,55. Para concorrer, basta ser formado em Direito. As inscrições podem ser feitas no site da Fundação Mariana Resende Costa (Fumarc), onde pode-se encontra o edital. Clique aqui para acessá-lo.

Polícia Civil do Estado do Espírito Santo
Delegado
As inscrições estão abertas até 27 de fevereiro. São três vagas disponíveis para o cargo de delegado, com remuneração de R$ 7.675,22. Para concorrer, é preciso ser formado em Direito. As inscrições podem ser feitas no site da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab). Clique aqui para acessá-lo.

Polícia Civil do Estado do Espírito Santo
Escrivão
As inscrições estão abertas até o dia 27 de fevereiro. Estão disponíveis 81 vagas para o cargo de escrivão, com salário de R$ 3.900,03. Para concorrer, é exigido o bacharelado em Direito. As inscrições podem ser feitas no site da Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab). Clique aqui para acessá-lo.

 

Região Sul

Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina
Auditor
As inscrições estão abertas até o dia 7 de fevereiro. Estão disponíveis três vagas para o cargo de auditor substituto de conselheiro. Para concorrer, é necessário ter entre 35 e 65 anos, além de ter bacharelado em Direito. O salário é de R$ 22.911,74. As inscrições podem ser feitas no site do TCE-SC. Clique aqui para acessá-lo.

Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina
Analista técnico
As inscrições ficam abertas até as 16h do dia 5 de fevereiro. São 50 vagas disponíveis para o cargo de analista técnico, três delas reservadas para deficientes físicos. A remuneração é de R$ 4.200, por 40 horas semanais. A única exigência para a disputa é ter bacharelado em Direito. As inscrições podem ser feitas no site da Fundação de Estudos e Pesquisa Sócioeconômicos (Fepese), onde estão disponíveis os detalhes sobre a prova. Clique aqui para acessar o site.

 

Indicação

Preparação e aprovação, o melhor caminho passa por aqui! Clique e confira as nossas principais obras e novidades.

LEIA TAMBÉM
COMENTE

0 resposta para “Advogados trocam maior remuneração por estabilidade”

  1. […] – Advogados trocam maior remuneração por estabilidade […]

  2. […] – Advogados trocam maior remuneração por estabilidade […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.