Estado de São Paulo tem pior resultado da história no IX Exame de Ordem Unificado

0
Comentários
0
likes
0
Coment.
0
likes

O resultado final do IX Exame de Ordem Unificado no Estado de São Paulo teve apenas 7,6% de aprovados, entre os 23.191 candidatos inscritos . Em todo o país, dos 114.763 candidatos, apenas 12.213 (10,6%) foram aprovados. Este é o pior resultado desde que o Exame de Ordem foi unificado, em 2008. Ainda estão sendo apreciados alguns recursos , que não devem alterar muito o resultado final.

Leia mais:

Lista dos aprovados no IX Exame de Ordem Unificado

“Este resultado só reforça as reivindicações da OAB  de maior exigência sobre novos cursos de Direito e maior controle sobre aqueles que já existem, inclusive com diminuição do número de vagas ou até fechamento daquelas faculdades que não oferecem ensino de qualidade para a formação dos bacharéis”, afirma Marcos da Costa, presidente da OAB SP.

Os números podem se alterar, mas não a ponto de melhorar os resultados obtidos até agora: as provas da segunda fase dos candidatos que optaram pela peça “Mandando de Segurança”, na área de Direito Constitucional, serão corrigidas novamente, com o resultado preliminar divulgado no dia 15 de abril. Então estes examinandos poderão apresentar recurso até o dia 19 de abril, que será avaliado até o dia 26 de abril, data do resultado definitivo para esta categoria.

Fonte: OAB/SP

 

Indicação

Processo Penal versão Universitária – Teoria e Prática – Norberto Avena | A obra sistematiza, de forma objetiva e ao mesmo tempo completa, os principais temas relativos à disciplina de Processo Penal. A finalidade é facilitar o estudo e a compreensão dos assuntos tratados, propiciando uma visão geral do processo criminal, sempre à luz dos entendimentos majoritários agasalhados pela jurisprudência pátria.

Trata-se de obra destinada tanto aos acadêmicos como aos bacharéis em Direito, razão pela qual foi agregado o enfoque prático-profissional, relacionado à elaboração de peças processuais, considerando que esta sempre foi (e ainda é) uma das grandes dificuldades enfrentadas, não apenas no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil, como na preparação para outros certames e no próprio exercício da Advocacia. (Saiba mais)

LEIA TAMBÉM
COMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.