Prova de Direito é a mais temida

0
Comentários
0
likes
0
Coment.
0
likes

O jornal A Tribuna ES publicou no último domingo (15) uma matéria com dicas de como os concurseiros devem se preparar para a disciplina de Direito nas provas de concursos públicos. Confira a matéria com entrevista do autor Luiz Dellore, da Editora Método.

— Matéria publicada no jornal A Tribuna ES — 

Especialistas explicam que, com dedicação e paciência, candidatos sem formação na área conseguem dominar disciplinas desafiadoras

Clique na imagem para ampliá-la

Clique na imagem para ampliá-la

Muitas pessoas têm medo daquilo que não conhecem. Para alguns concurseiros, estudar disciplinas que nunca viram antes pode ser motivo de pânico e até levar à desistência do projeto de aprovação em um concurso público. A matéria de Direito é um desafio para quem não tem formação na área.

Muitos candidatos chegam a desistir de prestar uma determinada seleção depois de descobrir que algumas disciplinas de Direito serão cobradas nas provas, de acordo com o professor universitário Luiz Dellore e escritor do livro “Estudos sobre coisa julgada e controle de constitucionalidade“.

“Alguns estudantes acham que basta ler um resumo da lei para fazer a prova. Na hora de resolver as questões, deparam-se com temas mais complexos. Muitos desistem devido ao choque de realidade que têm na hora da prova”, explicou.

Para candidatos que pretendem prestar concurso, tanto de nível médio, quanto superior, Dellore estipula um tempo determinado para assimilar o conteúdo.

“Para quem nunca teve contato com o Direito, o tempo mínimo para começar a entender as questões é de seis meses de estudo. Se puder complementar com um cursinho preparatório, já facilita bastante”, aconselhou.

Segundo a diretora pedagógica do Maxximus Cursos e Concursos, Sabrina Aguiar, para o candidato conseguir dominar o Direito, o primeiro passo é vislumbrar todo o ensinamento. O segundo é se apaixonar pelas informações obtidas.

“No Direito Administrativo, por exemplo, o aluno precisa se colocar na posição de um administrador público, tentando entender como a máquina pública funciona”, revelou.

 

Obra do autor

Estudos sobre Coisa Julgada e Controle de Constitucionalidade | Apesar de muito já ter sido discutido a respeito da coisa julgada e acerca do controle, parece-nos que a doutrina nacional se ressente de um estudo relacionando a coisa julgada ao controle de constitucionalidade – é o que este trabalho busca realizar. (Saiba mais)

LEIA TAMBÉM
COMENTE

0 resposta para “Prova de Direito é a mais temida”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.