Gramática do dia a dia: Acentuação Gráfica

0
notas
0
likes
0
notas
0
likes
ditongos

Olá Pessoal!

Hoje, vamos trocar algumas ideias sobre acentuação gráfica. Não estou paranoico. Não me esqueci de acentuar os vocábulos “ideias” e “paranoico”, porque essas palavras não são acentuadas.

Não se acentuam os ditongos abertos -ei e -oi nas palavras paroxítonas: assembleia, ideia, colmeia, paranoia, jiboia, heroico etc.

Ditongo é a união de uma vogal e uma semivogal, ou vice-versa, na mesma sílaba. Exemplos: chapéu (e é vogal e u, semivogal); série (i é semivogal e e, vogal).

A regra de acentuação gráfica explica que não serão acentuados os ditongos -ei e -oi nas palavras paroxítonas. Exemplo: geleia (ge-lei-a). Nas paroxítonas, a vogal tônica está na penúltima sílaba, como ocorre em claraboia, geleia, ideia etc.

Atenção! Acentua-se a palavra “dói”, porque ela é monossílaba (oxítona) terminada em -ói. Nesse caso, acentuam-se os ditongos abertos -éi, -éu, -ói, desde que sejam tônicos e a palavra seja uma monossílaba tônica ou oxítona: anzóis, céu, chapéu, dói, povaréu, réu, sóis (plural de sol), troféu etc.

Vamos fazer o exercício abaixo para fixar a regra? A resposta será dada na próxima semana. Até lá!

[polldaddy poll=”8445575″]

LEIA TAMBÉM
COMENTE
  • patrícia marinho

    Gostei. É interessante esse entrosamento trazendo para o leitor o aprimoramento da língua portuguesa.