Prof. Jorge Miranda afirma: Valério Mazzuoli é o maior internacionalista de língua portuguesa.

0
Comentários
0
likes
0
Coment.
0
likes

O professor catedrático português e doutor em ciências jurídico-políticas, Jorge Manuel Moura Loureiro de Miranda, afirmou em palestra recente que Valério Mazzuoli, autor das Editoras Forense e Método, é o maior internacionalista de língua portuguesa.

Trata-se de um grande reconhecimento vindo desse jurisconsulto conceituado mundialmente, que, além de dedicar-se à carreira acadêmica, atuou na política, destacando-se na elaboração da atual Constituição portuguesa e colaborando com as constituições de outros países de língua portuguesa.

Exercendo inúmeros cargos de direção e coordenação na Universidade de Lisboa, o Prof. Jorge Miranda mantém sua cadeira de professor catedrático na instituição, categoria mais elevada da carreira docente universitária em Portugal, que corresponde a de professor titular no Brasil. Jorge Miranda foi orientador de Valério Mazzuoli em seus estudos em nível de pós-doutorado junto à Universidade Clássica de Lisboa.

“Prof. Valério Mazzuoli, o grande internacionalista brasileiro, que eu tive a honra de acompanhar quando fez o seu pós-doutorado em Lisboa […]

Valério Mazzuoli, prestigiado internacionalista, é doutor summa cum laude em Direito Internacional pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e mestre em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Estadual Paulista (UNESP). Portanto, esse reconhecimento ilustre é merecido e foi conquistado com uma carreira voltada ao Direito Internacional.

É autor de diversos livros sobre Direito Internacional e Direitos Humanos, tendo lançado este ano a obra Direito Internacional Privado – Curso Elementar, que pretende demonstrar o caminho que há de percorrer o juiz para a resolução dos conflitos de leis no espaço com conexão internacional. A obra apresenta uma visão contemporânea e renovada, nada similar à estudada no Brasil até então. A disciplina é analisada, para além de mera técnica conflitual, sob a ótica de quem está no epicentro da relação jurídica: o ser humano.

Em entrevista sobre o fato percebemos a admiração de Valério Mazzuoli pelo professor catedrático:

GEN Jurídico: Qual sua relação com o professor?

Mazzuoli: O Prof. Jorge Miranda é um dos maiores publicitas do mundo, reconhecido mundialmente. O conheci em Vitória-ES (2009) numa palestra que proferi, e ele, ao final da minha exposição, me chamou para conversar e me convidou para ir a Lisboa cursar o Pós-Doutorado. Aceitemos convite e, meses depois, fui a Portugal estudar os sistemas regionais de direitos humanos, sob a sua supervisão.

GEN Jurídico: Ele menciona seu doutorado em Portugal, ele teve algum impacto em seu trabalho?

Mazzuoli: Durante o meu Pós-Doutorado na Universidade de Lisboa (2010) dei muitas aulas e organizei vários seminários junto com o Prof. Jorge Miranda. Durante os dois períodos acadêmicos que lá passei o Prof. Jorge Miranda conheceu praticamente todo o meu trabalho pelo avanço do Direito Internacional no Brasil e também os meus estudos pioneiros sobre controle de convencionalidade, os quais, hoje, ele cita em seus livros. Essa troca de conhecimentos foi, para mim, muito importante.

GEN Jurídico: Qual o contexto do elogio?

Mazzuoli: Numa determinada palestra o Prof. Jorge Miranda fez essa observação, a qual, para mim, mais do que um elogio que poucos no mundo recebem, serve como chamada de atenção para a responsabilidade que tenho de continuar estudando profundamente todos os temas que compõem o complexo mosaico do contemporâneo Direito Internacional.

Sem dúvida, é uma grande inspiração perceber o reconhecimento internacional de um autor tão dedicado. É um referencial de compreensão dos temas do Direito Internacional no Brasil prestigiado por um ícone do Direito mundial.


Veja também:


Conheça as obras do autor (clique aqui)!

LEIA TAMBÉM
COMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *