HORAS LÍQUIDAS de estudo, como aumentar

0
Comentários
0
likes
0
Coment.
0
likes
shutterstock_144302413

Você já pensou que poderia render mais nos seus estudos?

Alguma vez já quis aumentar o número de horas estudadas, mas não soube como fazer?

Neste artigo mostro que é possível aumentar significativamente o número de HORAS LÍQUIDAS de estudo.

Por meio de uma técnica simples, podemos acrescentar horas de qualidade à rotina de estudos do concurseiro.

Assim, se você está começando a estudar, mas não sabe quantas horas deve ou tem para estudar, este artigo também vai lhe ajudar a planejar essa parte de sua jornada.

E para aqueles que já estão em um bom ritmo, mas acham que podem incrementar algumas horas no cronograma de estudo, lendo este artigo poderá fazer isso com mais facilidade.

Chamo essa técnica de:

GARIMPANDO HORAS LÍQUIDAS DE ESTUDO

Não é nada de complicado, é bem simples até, basta muita sinceridade.

Tive que criar essa técnica quando fui me preparar para o concurso de Auditor Fiscal do Trabalho, em 2009, pois naquela época eu trabalhava 08 horas por dia como Analista do INCRA, ministrava aulas de graduação 2 a 3 vezes por semana durante a noite, além das atividades que todos temos, como cinema, academia, etc.

Veja que era uma rotina como pouca margem para estudar, mas mesmo assim, depois de aplicar esta técnica, conseguia estudar pelo menos 30 HORAS POR SEMANA.

Bem, conto a história dessa minha aprovação em outro artigo (nesse link conto um pouco de minha história de concursos), agora que que você aprenda como aumentar suas horas líquidas de estudo.

Vamos lá!!

Pense bem, todos que você conhece se dizem ocupados demais, cheio de tarefas, deveres, etc. Mas se olharmos bem todos nós conseguimos encontrar algum tempo a mais para fazermos o que realmente queremos, em nosso caso: ESTUDAR.

Tive oportunidade de acompanhar muitos estudantes neste primeiro passo, e sempre encontramos atividades que podem ser deixadas de lado e trocadas por mais algumas horas de estudo.

A técnica GARIMPANDO HORAS LÍQUIDAS DE ESTUDO é dividida em (03) três passos:

  1. Entenda sua rotina;
  2. Classificando sua rotina;
  3. Escolhendo o que mudar.

GARIMPANDO HORAS LÍQUIDAS DE ESTUDO

1# – Entenda seus Hábitos

Lembra que falei que precisaria de muita sinceridade? Essa é a hora.

Todos nós, invariavelmente, somos um ‘apanhado de hábitos’. Hábito por definição é o que fazemos repetidamente, por vezes diariamente, ou seja, ações que se repetem.

O ruim das rotinas/hábitos é que muito do que fazemos nem percebemos. Isso é uma tática do cérebro, uma maneira de entrar no automático e economizar energia, mas esse assunto não precisa ser aprofundado agora.

O que você precisa saber é isso: Você não sabe da existência da maior parte de seus hábitos, que as possui. Ou ainda, quanto tempo de sua vida gasta com eles. Por isso proponho um método bem simples de entendê-las melhor.

A simples anotação sistemática (com método) de todas as suas rotinas de um dia podem trazer a consciência de que precisa. Isso mesmo, se você conseguir anotar TODAS as suas rotinas (seus Hábitos) vai entender melhor o que faz com suas 24 horas do dia.

Muita gente não tem paciência para fazer isso, acham perda de tempo, mas quem já fez percebeu imediatamente o benefício que isso traz. Se você for como eu, preferirá fazer essas anotações em uma planilha. Por isso darei exemplos em forma de planilha.

Sua tarefa será preencher a planilha o mais próximo da realidade do seu dia-a-dia.

Se puder passar uma semana preenchendo ainda melhor, pode anotar em um caderno durante o dia e no final dele preencher, o importante é ficar tudo anotado.

Se isso não for feito não poderemos seguir para o próximo passo.

Lembre-se: Perca um pouco de tempo, para ganhar muito mais tempo.

Veja este exemplo:

HORÁRIO ROTINA GATILHO RECOMPENSA
14h/ 18h Trabalho Horário/Local de Trabalho Salário/Satisfação
18h/ 19h Acesso à internet Chegar em casa Atualização

Ficou curioso com estes termos: gatilho, rotina e recompensa?

Darei a definição para entendermos melhor, mas  falo muito mais em meu livro Finalmente Concursado , basicamente este é o tema principal do livro: Hábito. Por isso o que falarei aqui é apenas um resumo, para podermos prosseguir em nosso artigo.

Falarei um pouco mais tecnicamente sobre o Hábito.

Como dissemos no início, todos nós somos um apanhado de hábitos, grande parte do que fazemos, o fazemos por já ser parte de nós. No Livro O Poder do Hábito, do jornalista Charles Duhhig, nos mostra que todo e qualquer hábito se desenvolve em três fases.

Como em um ciclo:

ciclo-do-habito

GATILHO

Primeiro temos o GATILHO, o que aciona o Hábito, é aquilo que faz o hábito se iniciar. No caso, por exemplo, do vício do cigarro, para o fumante a pausa depois do almoço é o gatilho para acender o cigarro. Em nosso caso, o despertador tocando às 05h00min é o gatilho para a primeira hora de estudo.

ROTINA

Após o Gatilho temos a ROTINA propriamente dita, em nosso exemplo acima, para o a fumante após o gatilho teria o ato de fumar, para o concurseiro o ato de estudar.

RECOMPENSA

A terceira etapa é a RECOMPENSA, seria uma espécie de “agrado” para o cérebro, uma sensação de bem-estar, embora inconsciente. Como você já deve ter percebido a recompensa é muito individual, continuando com os mesmos exemplos não podemos determinar qual a recompensa para o cérebro do fumante, se uma sensação de alívio, ou mesmo uma sensação de relaxamento da ansiedade, assim como não podemos falar com certeza qual a recompensa na cabeça do estudante por ter estudado logo cedo, pode ser o de dever cumprido ou de satisfação por ter aprendido um novo conteúdo.

O certo é que após o a Rotina sempre haverá uma Recompensa, mesmo no nível inconsciente.

Agora que aprendemos muito sobre o Hábito preencha da melhor forma possível sua planilha, sendo o mais sincero!

Uma dica, se você achar complicado determinar o Gatilho e a Recompensa para cada Rotina, preencha apenas a coluna desta última, já ajuda bastante.

Bem, vamos para o segundo passo.

3# – Classificando sua rotina

Muitos dos autores que falam sobre administração do tempo (ou algo neste sentido) querem dizer quais atividades são produtivas e quais não são.

Prefiro deixar na mão de quem mais interessa ganhar tempo, você.

Assim sua tarefa agora será classificar seus Hábitos em três categorias:

classificacao-de-habitos

– Essenciais: Como o nome já diz, são todos os hábitos que você considera fundamental para sua vida. Os mais óbvios seriam: comer, banhar, trabalhar etc. Mas somente você poderá dizer, por exemplo, se passear com seu cachorro 1 hora por dia é essencial ou não. Por isso estou falando desde o início sobre sinceridade.

– Alteráveis: São os hábitos que você considera poder diminuir o tempo gasto com ele ou até mesmo eliminá-lo. Por exemplo, cinema duas vezes na semana, você pode considerar que uma vez já seria o bastante, ou até mesmo tirar da sua lista de atividades durante a semana.

– Totalmente Desnecessários: É tudo aquilo que atrasa sua vida de concurseiro, TV, Facebook, Whats, almoço com a sogra no domingo, etc. Mas, mais uma vez você que definirá isso.

Achou complicado fazer essa classificação?

Acredite, esse choque de realidade valerá a pena, e são necessários apenas alguns minutos para fazer isso.

2# – Escolhendo a mudança

Agora que você sabe exatamente quais são seus hábitos Essenciais, quais são Alteráveis e quais os Totalmente Desnecessários, podemos escolher quais deles serão trocados por horas de estudo.

Vamos começar, é claro, pelos hábitos totalmente desnecessários. Suponhamos que tenha os seguintes hábitos totalmente desnecessários durante a semana:

Horário Segunda-feira Quarta-feira Sábado
12h/ 15h Academia Almoço com a sogra
18h/ 19h Seriado de TV
21h/ 22h Novela Futebol com os amigos Barzinho

10 horas desnecessárias

O exemplo é só para você ter em mente quantas horas você classificou como horas totalmente desnecessárias. Aí a tarefa é sua, encaixar sua rotina de estudos nessas horas que você classificou com totalmente desnecessárias. O que resultaria na seguinte tabela:

Horário

Segunda-feira Quarta-feira Sábado
12h/ 15h Estudar Estudar
18h/ 19h Estudar
21h/ 22h Estudar Estudar Estudar

10 HORAS DE ESTUDO

Mas Roniere, futebol com os amigos até posso deixar, mas o almoço com a sogra é sagrado. Lembre-se que não fui eu quem disse que Almoço com a sogra é totalmente desnecessário, foi sua classificação. O mesmo vale para as 3 horas de academia na segunda-feira.

Já para as ALTERÁVEIS é preciso um pouco mais de calma, pensar com extremo cuidado, pois deverá ser uma decisão firme.

Outra coisa, nesse exemplo coloquei apenas a Rotina, não inseri o Gatilho e a Recompensa, pois creio que estes dois aspectos do Hábito são muito pessoais. Mas aconselho fortemente você ler meu livro e verificar como esses conceitos podem ajudar na mudança de Rotinas.

Mas para você ter uma ideia de como trocar um Hábito ruim por, digamos, uma hora de estudo, identificando os componentes de cada Hábito, vamos ver como ficaria um somente um para pegar o jeito:

Horário

Gatilho Rotina Recompensa
21h/ 22h Dia da semana e Horário Futebol com os amigos Confraternizar/ exercitar-se.
21h/ 22h Dia da Semana e Horário Estudar Disciplina do Dia.

Fechar a última hora de estudo do dia/ Fazer o simulado da semana

Veja que no exemplo acima o Gatilho permaneceu o mesmo, mudando a Rotina e a Recompensa.

Bem, a contabilidade das horas disponíveis para estudo ficaria dessa forma:

– Desnecessárias (Almoço com a sogra, Bola, TV, Academia): 10 horas.

– Alteráveis (Escolher quais): 05 horas.

– Essenciais: 00 horas.

Totalizando 15 horas!

Faça esse ‘exercício’ sem medo, posso lhe garantir que vai mudar sua forma de estudar para concurso, sabendo exatamente que está estudando o máximo de horas possíveis em sua semana.

Roniere, agora que sei exatamente quantas horas da minha semana tenho para estudar, como usá-las para estudar de verdade? Quantas horas para cada disciplina eu tenho que estudar? Quantas horas para revisão devo separar?

Bem escrevi um artigo exatamente sobre esta última pergunta:

O Poder da Revisão, confere lá.

Tenho respostas para essas outras perguntas, mas como o assunto é extenso deixarei para responder em outros artigos.

Ah, se o artigo lhe ajudou de alguma forma, deixe seu comentário no campo logo abaixo.

E se achar que o artigo é útil para mais alguém, pode compartilhar, é só clicar nos botões de cada rede social.

Grande Abraço, sucesso nos estudos!!


Veja também:

Conheça as obras do autor (Clique aqui!)

LEIA TAMBÉM
COMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.