Abra as portas do IBGE

0
Comentários
0
likes
0
Coment.
0
likes

Na década de 70 a violência urbana começou a assumir traços preocupantes. As residências se transformaram em alvos fáceis de ladrões e estelionatários. Os moradores, movidos pelo compreensível receio de serem mais uma vítima, recusavam-se a receber os recenseadores do IBGE.

Então, criou-se mecanismos de segurança para que aqueles profissionais fossem recebidos. As visitas eram agendadas, os recenseadores eram identifica- dos e desenvolveu-se uma grande campanha de conscientização sobre a importância daqueles trabalhos. Num dos anúncios de TV a atriz Regina Duarte recebia alegremente os visitantes e falava esta frase: “Abra as portas para o IBGE”.

E eis que agora, por meio de concurso, é o IB- GE que abre suas portas para candidatos de todo o Brasil. São 600 vagas, sendo 140 para cargos de nível superior. As outras 460 vagas exigem apenas o ensino médio.

O programa de estudos para estas 460 vagas é bem reduzido. Está limitado a conceitos da Matemática, de Português, raciocínio lógico, Geografia e conheci- mentos específicos sobre o IBGE. Não serão exigidos, por exemplo, conteúdos de Direito.

Os aprovados desenvolverão trabalhos da mais elevada importância, passando a pertencer a um órgão cuja história remonta ao Brasil Império, quando foi criada, em 1871, a antiga DGE (Diretoria Geral de Estatísticas), embrião do atual instituto.

A remuneração é convidativa. Além disso, os nomeados estarão submetidos ao regime estatutário, o que garante estabilidade após três anos de exercício do cargo.

Então, os servidores terão uma conquista que vai muito além da remuneração: terão crédito de longo prazo junto aos bancos e outras instituições financeiras.

Isso propicia fazermos um planejamento de vida que vai muito além do próximo verão. Podemos estabelecer nossas metas para quatro ou cinco décadas adiante. O primeiro passo dessa conquista é estudar. Então, se você está inscrito para este concurso do IBGE, siga firme nos estudos. E, caso fracasse, não desista. Siga sonhando; mas não sonhe apenas. Tenha o firme propósito de transformar seus sonhos em realidade.

Na sua rotina de estudos, não despreze os conteúdos fáceis, que são, em média, 80% das provas em geral. Habitue-se a estudar diariamente, o que – eu garanto – é assimilado rapidamente como uma fonte de prazer. Assim, ao ver seu nome na lista de aprovados, esteja certo de que isto lhe trará uma emoção da qual você jamais se esquecerá. Ao assumir o cargo, tenha uma conduta proba e honesta, o que consolidará sua estabilidade e o seu crédito bancário para um projeto de vida de muitas décadas.

Tudo isso está ao seu alcance por meio do concurso do IBGE. Na década de 70, Regina Duarte nos conclamava a abrir as portas “para” o IBGE. Agora, chegou a vez de você abrir as portas “do” IBGE.


Veja também:

LEIA TAMBÉM
COMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.