Estratégia de Aprovação

Estratégia de Aprovação para o Exame da OAB

0
Comentários
0
likes
0
Coment.
0
likes
Estratégia de Aprovação

Estudar para o exame da OAB requer um estudo extremamente direcionado. A quantidade de matérias é muito extensa e o conteúdo programático de cada uma delas também. Desta forma, estudar todos os assuntos listados no edital é impossível e tentar isso seria uma péssima estratégia. As últimas edições do exame têm dado prioridade aos mesmos conteúdos, o que facilita a sua preparação.

DADOS GERAIS DO EXAME DA OAB:

  • 80 questões.
  • 17 disciplinas.
  • Número de questões por matéria não é uniforme. Sendo assim, o peso por matéria é diverso.
  • Número de questões necessárias para aprovação na primeira fase: 40

DICAS ESSENCIAIS DE PREPARAÇÃO:

1. Não deixe a sua preparação para a última hora.

Isso não significa que você irá fazer um curso específico para a OAB ou se preparar com afinco como se  estivesse no final do curso.  A minha dica é que a partir do 7º período você comece a fazer questões da OAB sobre os assuntos que você aprendeu em sala de aula. Assim, você irá se habituar ao estilo das questões durante todo este tempo além de ser uma ótima forma de estudo para as provas da faculdade.
Mantenha suas anotações de aula bem organizadas.  Quando a prova se aproximar, as suas anotações de aula serão essenciais. É impossível estudar todos os assuntos para a OAB por meio de doutrina, e caso seu caderno seja completo você não sentirá dificuldade neste momento da preparação.

2. Faça a prova assim que possível, deste modo você não irá sentir-se pressionado e com a obrigação de ser aprovado.

Podem realizar a prova os alunos que estejam matriculados nos últimos dois semestres da faculdade. Mas atenção! Dependendo da data da prova, se você estiver no final do 8º período, já pode se inscrever, pois provavelmente quando for realizar a prova, você já estará matriculado no 9º período. Assim, não precisa esperar o início do semestre letivo para se inscrever para o próximo exame.

3. Tanto quanto o conhecimento, a resolução de questões anteriores é importante para a provação na prova da OAB.

É certo que sem conhecimento teórico a aprovação não irá acontecer. Mas tão importante quanto o conhecimento teórico, é saber fazer a prova da OAB. O aluno que está habituado a fazer exercícios é salvo no momento da prova quando ocorrer o “branco”. Faça muitas questões e você irá perceber que a aprovação não é um bicho de sete cabeças. Você pode fazer uma apostila de provas anteriores (imprima as provas e encaderne) ou adquirir um livro de questões comentadas. Resolva questões anteriores exaustivamente.

4. Estudo o que realmente for importante.

Com a quantidade de conteúdo previsto no edital é humanamente impossível que você consiga estudar tudo. Além disso, as provas costumam focar em determinados assuntos por matéria. Foque o seu estudo no que for realmente relevante. Para isso você precisa se planejar para que consiga ter um estudo direcionado e com o máximo de aproveitamento possível.

5. Com a proximidade da prova foque o seu estudo na resolução de exercícios.

O edital é muito grande e o tempo da inscrição até a data da prova é curto. Então foque o seu estudo, neste momento, com a resolução de exercícios e a leitura das anotações que você possui. Somente nos pontos de dúvida ou que julgar mais complexos você busca a doutrina para o aprofundamento. Existem resumos específicos para a OAB, de excelentes editoras, que também podem te ajudar nesta etapa.

6. Ter uma programação de estudo é necessário.

Mesmo que seu estudo seja por meio de exercícios, programar o seu estudo é muito importante. Tendo um planejamento de estudo você saberá o que e quando estudar, quais pontos deve focar e dar atenção especial, e terá uma previsão de quando irá finalizar o seu estudo para a prova. Ter um planejamento de estudo é necessário!

7. Priorize o estudo da disciplina de Ética.

A disciplina de ética tem conteúdo pequeno e grande peso na prova. Então priorize essa disciplina, estudando todos os dias um pouco ou, caso não seja possível, reserve os finais de semana para se dedicar a esta disciplina.

8. Faça simulados.

Fazer simulados ajudará você adaptar a quantidade de questões ao tempo disponível para a prova. No dia o tempo voa, e se você já fez simulados anteriormente saberá melhor como lidar com essa situação.

9. Comece a prova pela disciplina de ética e demais faça das matérias que você tem mais facilidade.

Começar a prova pela disciplina de ética é importante para que você garanta uma excelente pontuação em uma matéria que é pequena e relevante. Depois passar para a matéria que você tem mais afinidade ajuda a diminuir a ansiedade e você entra no ritmo da prova mais rápido. Após, priorize as disciplinas que têm maior peso.

10. Para a segunda etapa faça um curso específico.

A segunda etapa da prova da OAB depende de muitos conhecimentos específicos de como montar uma boa peça prática, remissões nos códigos e também do que é permitido e o que é proibido, além de que o professor irá lecionar exatamente o que você precisa saber para passar. Ele irá “direto ao ponto”. Por isso eu recomendo um curso. Faça a segunda matéria na disciplina que você tem mais afinidade. Não adianta escolher uma matéria porque é pequena sendo que você tem dificuldade nessa disciplina.

Lista de Matérias por ordem de relevância e número de questões 


Gostou da dica de hoje? Acesse www.planejaconcursos.com e acesse materiais e planejamentos de estudo.

Veja também:

Conheça a obra da autora (Clique aqui!)

LEIA TAMBÉM
COMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.