Dicas de Prática Jurídica – Relações Com o Cliente

0
Comentários
0
likes
0
Coment.
0
likes

 

Relações Com o Cliente

 

 

Os colegas advogados sabem o quanto é difícil manter boas relações com o cliente; na verdade, é comum ver pessoas imputando ao advogado a culpa pelo resultado negativo da demanda ou, o que é ainda pior, imputando ao advogado alguma atitude de natureza criminosa. Esta situação demanda que o advogado não só “defenda o cliente”, mas também se defenda dele. Para tanto, é importante que o profissional tenha o cuidado de registrar todos os fatos e ser o mais formal possível na relação com o cliente (contrato de honorários, declaração inicial, lista de documentos etc.).

Para começar bem as coisas não atenda o cliente com pressa, isso é, no mínimo, desrespeitoso; se não tem tempo naquele momento, marque outro horário ou dia. O cliente pode até não gostar, mas vai apreciar você ainda menos se não receber toda a sua atenção. No mais, ouça com atenção o que ele tem a dizer; seja simpático e solidário, mas não se envolva; nunca tome decisões pelo cliente, apenas mostre a ele as opções que o caso apresenta.

Fale de forma clara e direta sobre os seus honorários; lembre-se: é melhor perder o cliente do que ser mal remunerado.

No geral, seja sempre honesto com o cliente, mas tome o cuidado para que sua honestidade não venha parecer má vontade ou mesmo pessimismo, afinal grande parte do nosso trabalho é encontrar soluções para problemas difíceis.

LEIA TAMBÉM
COMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.