Direito Internacional Privado: confira o prefácio em homenagem a Jacob Dolinger

Direito Internacional Privado: confira o prefácio em homenagem a Jacob Dolinger

0
Comentários
0
likes
0
Coment.
0
likes
Direito Internacional Privado: confira o prefácio em homenagem a Jacob Dolinger

No livro Direito Internacional Privado, os professores Jacob Dolinger e Carmen Tiburcio exploram a história, a filosofia e o método da ciência que trabalha com o conflito das leis e das jurisdições no campo internacional. A obra apresenta um estudo didático da matéria, ensinando como tais conflitos podem ser solucionados.

Contudo, o falecimento do professor Jacob Dolinger  fez necessária a criação de um prefácio específico, apresentando momentos importantes da vida do renomado autor. Confira a homenagem:

Direito Internacional Privado: prefácio em homenagem a Jacob Dolinger

 

O falecimento do professor Jacob Dolinger, às vésperas da publicação desta edição, fez necessária a elaboração de um prefácio específico que registre a plenitude de sua vida, nossa gratidão por uma carreira dedicada ao direito internacional privado e pela confiança depositada para atualização deste livro. Em uma de suas obras, lê-se a seguinte dedicatória: “aos mestres de ontem, aos colegas de hoje, aos alunos de sempre”.

Olhando retrospectivamente, essa parece ser a síntese da vida de um homem profundamente religioso, comprometido com a causa da educação e que, com sua inteligência insuperável, colocou suas convicções religiosas a serviço da tolerância, da justiça e do conhecimento.

Aos mestres de ontem, o professor Jacob sempre prestou homenagens e expressou sua gratidão mesmo depois de alcançar todas as láureas da vida acadêmica. A livre-docência e a titularidade da cátedra de Direito Internacional Privado na Faculdade de Direito da UERJ, os convites para lecionar em universidades estrangeiras e na Academia de Direito internacional da Haia, a publicação de curso no Recueil des Cours, as homenagens recebidas de alunos, ex-alunos e colegas não o distanciaram de seus professores, nem fizeram menor a sua gratidão. Já septuagenário, fazia questão de escrever sobre seus professores – como se lê em Direito e Amor.

Aos colegas de hoje, seus contemporâneos, o professor Jacob Dolinger passou adiante seu otimismo e a sua crença no país que lhe acolheu, na universidade onde lecionou e na disciplina que ensinava. Porque sabia que o verdadeiro sábio é aquele que aprende de toda pessoa, o professor Jacob sempre cultivou o estudo do direito internacional privado sob uma perspectiva plural, mantendo interesse permanente pelos escritos de seus contemporâneos.

Fluente em português, inglês, hebraico, francês, ídiche e espanhol, incentivava – pelo exemplo – o hábito da leitura e do estudo da doutrina, nacional e estrangeira, clássica ou atual. Seu amor pelos livros e pelo mundo foi o incentivo necessário para que muitos de seus alunos se aventurassem a estudar no exterior, numa época em que a ideia ainda parecia exótica e as dificuldades eram muitas.

Aos alunos de sempre, todos nós, Jacob Dolinger estendeu sua generosidade. Jacob Dolinger não desprezava ninguém e não desdenhava de coisa alguma, pois sabia que toda pessoa tinha sua hora e cada coisa tinha o seu lugar. Agindo assim, o professor Jacob exercitou a arte de enxergar as virtudes e talentos de seus alunos (nunca os seus defeitos!), incentivando suas ideias e pesquisas, ainda quando, aos olhos de outros professores e alunos, pudessem parecer inusitadas. Essa característica, típica de um educador vocacionado, faz que todos os seus alunos, acertadamente, acreditem possuir um vínculo especial com ele.

As diferenças de opinião nunca impediram que Jacob Dolinger auxiliasse seus alunos. Os exemplos de generosidade são muitos e enumerá-los seria impossível. No ambiente fraterno e intelectualmente instigante criado por Jacob Dolinger – um educador cujo maior prazer era formar jovens, transmitindo-lhes valores intelectuais, morais e filosóficos –, floresceram carreiras acadêmicas e amizades duradouras entre seus alunos. Jacob Dolinger foi um homem virtuoso e continuará, por muitas gerações, sendo o professor dos professores de nossa disciplina.

O seu falecimento é uma perda pessoal para aqueles que tiveram o privilégio de com ele conviver e para o direito internacional privado. Ele permanecerá vivo nos corações e mentes de seus alunos, pois, como costumava dizer, ser professor é uma forma de imortalidade. Seus ensinamentos e exemplo continuarão por meio de todos aqueles que tiveram a sorte de tê-lo como professor.


Todas as edições de Direito Internacional Privado, com o passar dos anos, trouxeram o olhar único de Jacob Dolinger, que buscava, acima de tudo, ensinar: construir uma ponte entre a geração dos grandes mestres da disciplina e as gerações futuras.

Saiba mais sobre a 15ª edição do livro clicando na imagem abaixo:

Direito Internacional Privado: confira o prefácio em homenagem a Jacob Dolinger

LEIA TAMBÉM

LEIA TAMBÉM
COMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.