Os desafios do ensino superior | Congresso de Educação 'De repente professor online'

Os desafios do ensino superior | Congresso de Educação “De repente, professor online”

0
Comentários
0
likes
0
Coment.
0
likes
Os desafios do ensino superior | Congresso de Educação 'De repente professor online'

Na terça-feira (16), foi realizada a abertura do Congresso Online de Educação “De repente, professor online”, que contou com a presença de palestrantes de grande experiência na área educacional. Na primeira palestra do evento “Os Desafios do ensino superior”, os convidados foram Andrea Ramal (GEN Educação); Rose Giacomin (Cogna); Tatiana Fernandes (Estácio); Simone Bérgamo (Ser Educacional); Silvia Casa Nova (USP) e Celso Niskier (UniCarioca/ABMES/ABE).

A princípio, foram realizadas diversas provocações sobre tema, começando pelo cenário da educação superior brasileira no contexto da pandemia do novo coronavírus.

O atual momento de crise trouxe de volta o conceito de habitus do sociólogo francês Pierre Bourdieu. Segundo o autor, o habitus é um sistema de disposições incorporadas em nós, que nos levam a perceber o mundo ao nosso redor e como reagir a ele. Dessa forma, o habitus representa a maneira como a cultura de um grupo e a história pessoal do indivíduo moldam o corpo e a mente e, por consequência, moldam também a ação social no presente. Somos, portanto, condicionados por uma série de fatores para ir gerando aos poucos nossos paradigmas mentais, nossa maneira de ver as coisas.

No contexto educacional, é difícil fazer uma “reconversão do habitus“, isto é, abandonar um paradigma mental para incorporar outra maneira de realizar atividades. Em momentos de crise, como a que vivemos durante a pandemia, não é fácil simplesmente passar de um modelo mental para outro. Muitos professores passam por dificuldades nesse momento: por mais que sejam modernos e trabalhem com novas metodologias, em momentos difíceis podem acabar retornando às raízes.

“Ainda precisamos evoluir na participação da comunidade educativa. O futuro deverá ser melhor planejado.” – Andrea Ramal

A pandemia trouxe mudanças em todos os âmbitos, mas no educacional ela impactará principalmente nas aulas presenciais e a distância. Com o isolamento social, foi necessário implementar mudanças, que poderão ser mantidas futuramente. Durante o debate, os palestrantes discutiram a participação da comunidade educacional; os desafios psicossociais enfrentados por discentes e docentes; como gerar interações humanas mais regulares; como vencer o sentimento de desamparo; estratégias de como enfrentar a crise; as avaliações e o ano escolar; como se reinventar nas aulas online e muito mais.

Outro tema importante discutido no congresso foram as estratégias de aprendizado e e-learning. Não somente os alunos, mas os professores também podem ficar inseguros com o mundo digital. Como apresentar o conteúdo? Como saber se o aluno realmente está participando? Quais ferramentas utilizar? E quem não consegue acessar o conteúdo, como proceder nesses casos? Que tipos de métodos são mais eficazes? São diversas questões que devem ser repensadas e discutidas.

“A palavra nesse momento deve ser solidariedade e humanização.” – Tatiana Fernandes

A educação superior no período pós-pandemia vai mudar. Agora, os professores e alunos precisarão levar em conta as novas tecnologias e os novos ambientes virtuais de aprendizagem. O ensino presencial precisará se adaptar às mudanças e oferecer algo a mais: o conteúdo expositivo não deverá ser o único foco do docente.

“O futuro é híbrido: temos que repensar a sala de aula a partir da volta pós-pandemia.” – Celso Niskier

Os desafios do ensino superior | Congresso de Educação 'De repente professor online'

Palestrantes discutem os desafios do ensino superior no Brasil

“Temos que dar aos alunos o que faz parte da vida deles: a tecnologia.” – Simone Bérgamo

Para que a aprendizagem seja significativa, ela deve fazer parte da vida do aluno; o diálogo deve estar cada vez mais próximo do estudante. Já estamos passando para a era pós-digital e a utilização de novas ferramentas ajudarão em todos os níveis da educação.

“Nós não paramos porque os estudantes não podem parar.” – Rose Giacomin

O debate sobre os desafios do ensino superior no Brasil foi muito rico. Foram mais de 15 mil visualizações e muitos comentários, incluindo elogios dos inscritos aos palestrantes.

“O trabalho docente precisa ser valorizado em termos de condição de trabalho.” – Silvia Casa Nova

 

Assista à abertura de ontem – 16/jun/2020

Congresso de Educação – Oficinas e Palestras – 17/jun/2020

  • 13h30 Como produzir aulas online em casa, Daniel Nogueira (UEL)
  • 14h45 Como implementar o ensino híbrido na Engenharia, Gabriel Elmôr (IME)
  • 16h Como implementar metodologias ativas na área da Saúde, João Correia (Estácio)
  • 18h Transformação digital na Educação, Martha Gabriel (PUC-SP)
  • 18h40 Metodologias ativas e a neurociência, Silvio Pessanha (ANM/ABN-RJ/Estácio)
  • 19h20 Desafios éticos da Educação em tempos de pandemia, Danilo Marcondes (PUC-Rio)

 

Continue acompanhando as palestras do Congresso “De repente, professor online”!

Confira a programação completa aqui!

 

Clique e conheça o lançamento!

 


LEIA TAMBÉM

 

LEIA TAMBÉM
COMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.