O Princípio da Eficiência no Processo Civil Brasileiro | Direto no Direito

O Princípio da Eficiência no Processo Civil Brasileiro | Direto no Direito

0
Coment.
0
likes
O Princípio da Eficiência no Processo Civil Brasileiro | Direto no Direito

O devido processo legal incorporou novas garantias ao jurisdicionado nas últimas décadas. Dentre elas, a garantia de um processo eficiente ganhou muito destaque, especialmente após o CPC/2015. Mas o que seria o princípio da eficiência no processo civil? Como aplicá-lo? Qual o seu alcance prático para o dia a dia? Como interpretá-lo em tempos de pandemia?

Essas e outras questões são analisadas e discutidas entre os autores Leonardo Carneiro da CunhaEduardo Luiz Cavalcanti Campos e Henderson FürstO vídeo faz parte da série “Direto no Direito”, que traz encontros entre grandes nomes da área para discutir temas atuais.

Assista a seguir!

O Princípio da Eficiência no Processo Civil Brasileiro | Direto no Direito

 

Conheça a Coleção Processo Civil Contemporâneo!

Sobre os palestrantes

Leonardo Carneiro da Cunha é advogado, consultor jurídico e Procurador do Estado de Pernambuco. Professor-associado da Faculdade de Direito do Recife (UFPE), na qual obteve o título de Mestre em Direito. Doutor em Direito pela PUC/SP, com pós-doutorado pela Universidade de Lisboa. Integrou a Comissão de Juristas composta para auxiliar a Câmara dos Deputados na revisão do Projeto do Código de Processo Civil de 2015.

Eduardo Luiz Cavalcanti Campos é Mestre em Direito pela UFPE. Especialista em Direito Processual Civil. Graduado em Direito pela UFPE. Professor de Direito Processual Civil nas pós-graduações da Escola Superior de Advocacia de Pernambuco e da Escola Judicial do Tribunal de Justiça de Pernambuco. Integrante do grupo de pesquisa Teoria Contemporânea do Direito Processual, vinculado à UFPE. Assessor no Tribunal de Justiça de Pernambuco. Membro da Associação Norte/Nordeste de Professores de Processo (ANNEP).

Henderson Fürst é Doutor em Direito pela PUC-SP. Doutor e Mestre em Bioética pelo Centro Universitário São Camilo. Professor de Direito Constitucional da PUC-Campinas. Presidente da Comissão Especial de Bioética e Biodireito da OAB Nacional. Editor científico e Advogado.


LEIA TAMBÉM

LEIA TAMBÉM
COMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.