O Cuidado como valor e princípio chega aos Tribunais Superiores

O Cuidado como valor e princípio chega aos Tribunais Superiores

0
Comentários
0
likes
0
Coment.
0
likes
O Cuidado como valor e princípio chega aos Tribunais Superiores

Criado em 2005, sob a coordenação de Tânia da Silva Pereira e do professor Guilherme de Oliveira, de Coimbra, o Projeto CUIDADO representa um debate interdisciplinar para inclusão do Cuidado no Direito, sob uma ótica humanizadora, numa parceria entre Brasil e Portugal, resultando em diálogos contínuos entre os colaboradores.

Assista ao vídeo a seguir para saber mais sobre o projeto e como ele chegou, recentemente, aos Tribunais Superiores:

O Cuidado como valor e princípio chega aos Tribunais Superiores

Para se aprofundar no tema, conheça o livro Cuidado e Afetividade – Projeto Brasil/Portugal 2016-2017

Cuidado e Afetividade

Esta obra é fruto do prosseguimento de um trabalho que vem sendo desenvolvido desde 2005, quando, de um encontro com o Professor Guilherme de Oliveira, da Universidade de Coimbra, nasceu a proposta de um debate sobre o cuidado no âmbito do Direito.

Tantos foram os pontos de reflexão, que os estudos seguiram com novos direcionamentos, resultando na publicação de mais quatro obras, com enfoques diversos: O Cuidado como valor jurídico, Cuidado e Vulnerabilidade, Cuidado e Responsabilidade e Cuidado e Sustentabilidade.

Verificou-se, dessa forma, que a análise do cuidado se consubstancia em cenários que se renovam, sempre por meio de uma visão interdisciplinar, que agrega conhecimentos diversificados para a compreensão do ser humano em sua totalidade. Nesta obra, buscou-se analisar e desenvolver o espaço adquirido pela afetividade no ordenamento jurídico brasileiro, como decorrência do princípio da dignidade da pessoa humana, e seus impactos sobre as relações interpessoais, como fator gerador de direitos e deveres que promovem o princípio da solidariedade, sobretudo no âmbito da família, verificando, no sistema legal, onde seja tacitamente considerado, ou deflua dos termos em que encaminhe a legislação e o permita sua interpretação.

O resultado foi o desenvolvimento de diversos temas sensíveis, sob a ótica do cuidado e da afetividade, como vida, morte, relações familiares, cuidados paliativos, autonomia, dignidade, tecnologia, infância, velhice, acolhimento, sustentabilidade, entre outros.

Agora, por sua intrínseca ligação com o tema do cuidado, ingressa-se em seu exame com a afetividade, surpreendendo a coordenação da obra o quanto os autores que a integram foram capazes de demonstrar o comprometimento com a proposta, em nuances que indicam a importância que o assunto suscita e a visão que é possível ter ao aprofundar o estudo a seu respeito, esperando-se deste volume o interesse despertado pelos anteriores da coleção.

Clique aqui para ver mais detalhes!


LEIA TAMBÉM

LEIA TAMBÉM
COMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.