LIVE: Alienação Parental – Importância da Detecção, Aspectos Legais e Processuais

No dia 02 de dezembro de 2020, quarta-feira, às 18h, será realizada a live Alienação Parental – Importância da Detecção, Aspectos Legais e Processuais, com Rolf Madaleno, Ana Carolina Carpes Madaleno e Dra. Glicia Brazil. A mediação ficará a cargo de Danielle Candido de Oliveira, editora do selo Forense.

No evento, será realizado o lançamento do livro “Alienação Parental – Importância da Detecção Aspectos Legais e Processuais”.

Ative o lembrete e não perca!

02/12 | 18h| Alienação Parental – Importância da Detecção, Aspectos Legais e Processuais

Conheça os participantes da live

 

Rolf Madaleno é Mestre em Direito Processual Civil pela PUC-RS e advogado com 42 anos de ininterrupta atuação no âmbito do Direito de Família e das Sucessões em Porto Alegre. Professor. Palestrante na AASP. Diretor Nacional do IBDFAM e conselheiro da Seccional da OAB-RS (gestão 2010-2012). Foi vice-presidente do IARGS, conselheiro e diretor-tesoureiro da OAB-RS e juiz eleitoral efetivo do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul, na classe dos juristas. Conselheiro federal da OAB-RS (triênio 2013-2015) e conselheiro estadual da OAB-RS (triênio 2016/2018).

Ana Carolina Carpes Madaleno é Advogada graduada pela PUC-RS, professora e palestrante, com formação em Psicologia Transpessoal pela Unipaz-Sul; Constelações Familiares; Constelações Individuais; Constelações Sistêmicas Dinâmicas; Constelações Estruturais. Idealizadora e consteladora do projeto Ampliando o olhar – uma visão sistêmica do Judiciário, realizado desde 2016 nas Varas da Violência Doméstica e Família da Comarca de Novo Hamburgo, RS. Professora convidada da pós-graduação em Direito de Família da Faculdade do Ministério Público; da UNIFOR, Fortaleza; do CESUSC, Florianópolis. Sócia do Escritório Madaleno Advogados Associados, especializado em Direito de Família e Sucessões.

Glicia Brazil é Psicóloga do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Coordenadora do Curso de Extensão em Alienação Parental na PUC RJ. Tutora do Curso Alienação e Convívio Familiar no Pós Covid-19 no contexto de Magistratura Nacional pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados.

Danielle Candido de Oliveira é Doutora em Direito pela Universidade de São Paulo. Mestre em Direito pela Universidade Católica de Santos. Bacharel em Direito pela Universidade de São Paulo. Participante do Programa de Formação Complementar da Delegação Brasileira junto à ONU e demais Organizações Internacionais em Genebra (2010). Editora jurídica e advogada.

Clique aqui para saber mais sobre o livro Alienação Parental – Importância da Detecção Aspectos Legais e Processuais

A Alienação Parental consiste na interferência psicológica da criança ou adolescente, geralmente cometida pelo genitor guardião, a fim de afastar o outro genitor ou sua família da vida da criança ou do adolescente. Em casos mais graves, é usualmente chamada de síndrome, em que ocorre uma verdadeira doutrinação do menor.

Esta obra busca desvendar esse fenômeno, abordando primeiramente os aspectos essenciais da família e a importância de manter a prole em contato permanente com ambos os genitores, mesmo após separados. Em seguida, adentra no estudo dos tipos de alienação até chegar à chamada Síndrome da Alienação Parental, seus critérios de identificação, estágios, consequências e tratamentos. Por fim, realiza a análise da Lei da Alienação Parental – Lei 12.318/2010, comentada artigo por artigo, e sua aplicação nos tribunais.

Escrita por autores com larga experiência no Direito de Família, a obra visa contribuir para a compreensão desse fenômeno e da Lei que o combate, para uma aplicação prática mais esclarecedora e eficaz no Judiciário.


LEIA TAMBÉM

LEIA TAMBÉM
COMENTE

Uma resposta para “LIVE: Alienação Parental – Importância da Detecção, Aspectos Legais e Processuais”

  1. Sônia R. S. Frost disse:

    Senhores que live maravilhosa. Peço a Deus que a voz de vocês sejam ouvidas pelo judiciário e que consigam entender que nas ações de família estamos falando de vidas, crianças que no futuro serão a composição da nossa sociedade brasileira. Todos são responsáveis e isto e o que está estampado na nossa Constituição da República. O tempo razoável do processo com decisões justas efetivas e que fara alcançarmos o fim social que a lei tanto defende. Muito obrigada pelos ensinamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.