Pensão Alimentícia: em porcentagem do salário do devedor ou em valor fixo atrelado ao salário mínimo?

0
Comentários
0
likes
0
Coment.
0
likes

Neste vídeo, o professor Gediel Araújo responde: o que é melhor para as partes envolvidas? Que a pensão seja fixada em porcentagem do salário do obrigado ou tenha seu valor atrelado ao salário mínimo?

Segundo o autor, em primeiro lugar é necessário esclarecer que o objetivo da pensão alimentícia é assegurar a efetiva participação nas custas de manutenção dos filhos daquele pai ou mãe que não tenha a sua guarda.

Para saber mais, assista ao vídeo a seguir e tire dúvidas!

Pensão Alimentícia em porcentagem do salário do devedor ou em valor fixo atrelado ao salário mínimo?

Gostou do vídeo? Então clique aqui para conhecer os livros do autor


LEIA TAMBÉM

LEIA TAMBÉM
COMENTE

2 respostas para “Pensão Alimentícia: em porcentagem do salário do devedor ou em valor fixo atrelado ao salário mínimo?”

  1. Thaiany disse:

    Bom dia!
    O que significa atrelado?
    E outra em 2021 mudou a porcentagem da pensão alimentícia, então caso do emprego o senhor qué advogado quanto é um paga o salário de um pizzaiolo ?
    E quanto sai a porcentagem pra dois filhos? sendo que esses filhos seja de mães diferentes e que mora com mãe que sou eu o primogênito dele o mas novinho mra com ele e a outra mãe…??

    • GEN Jurídico disse:

      Olá, Thaiany,

      O blog GEN Jurídico é um periódico jurídico-científico, fonte de conteúdo base para militantes da área, que aborda as necessidades dos operadores de Direito em todas as etapas de sua carreira, seja na academia, Exame de OAB, advocacia ou concursos públicos.

      Devido ao propósito do GEN Jurídico, não possuímos profissionais para responder consultas jurídicas, e os autores que são advogados atuantes realizam esse trabalho através de seus escritórios e canais próprios. Assim, para esclarecer sua dúvida, recomendamos que procure diretamente o advogado de sua confiança por meio dos canais que ele disponibiliza para tanto. Em nosso site, infelizmente não podemos intermediar essa questão.

      Agradecemos por sua mensagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.