Bruno Bodart apresenta a nova edição do livro Processo Civil e Análise Econômica

0
Comentários
0
likes
0
Coment.
0
likes

Quando uma determinada lei é modificada, quando uma nova jurisprudência é construída, o que muda na nossa sociedade? Em quais momentos é bom ou ruim que essa mudança ocorra? Bruno Bodart e o Ministro Luiz Fux trazem essa perspectiva pelo ponto de vista econômico no livro Processo Civil e Análise Econômica, que chega à 2ª edição em 2021.

Na obra, Bodart e Fux identificam diversos temas de processo civil que trazem uma necessidade intrínseca dessa discussão para a modernização do estudo processual no Brasil. Desse modo, os autores lançam um olhar econômico sobre a figura do acesso à justiça.

Afinal, será que é mesmo bom ampliar o sistema de justiça a todos aqueles que desejam ingressar com novas demandas? Como identificar demandas que não são desejáveis? O ponto de vista dos acordos são bons para nossa sociedade ou não são tão bons assim?

Para conferir mais destaques sobre o livro, assista ao vídeo gravado pelo autor Bruno Bodart:

Quer saber mais? Então clique aqui e confira o livro Processo Civil e Análise Econômica!

Uma análise econômica do Direito Processual Civil. Em linguagem acessível e com elementos técnico-teóricos, Luiz Fux e Bruno Bodart apresentam questões sobre a justiça civil e sobre o Código de Processo Civil de 2015 no âmbito do Direito Processual Civil.

Por que ter Processo Civil e Análise Econômica?

Regras jurídicas geram consequências muitas vezes ignoradas na área, ao passo que normas são propostas e criadas sem preocupação com o objetivo final. Por exemplo: quais os efeitos do sistema de distribuição de despesas processuais e honorários no índice de autocomposição? Quais os impactos sociais da ampliação ou restrição do acesso à justiça? O que justifica a introdução ou a eliminação de um recurso? Quais os efeitos sistêmicos da relativização da coisa julgada?

Este livro incentiva a interpretação dos dispositivos legais e debates sobre a justiça na aplicação do Direito. Desse modo, rompe com a visão do Direito descompromissada com a prática e ajuda a inspirar uma nova geração de juristas, acadêmicos ou não, a pensar o Direito a partir do método científico e exigir que reformas legislativas sejam informadas por evidências confiáveis.


LEIA TAMBÉM

CATÁLOGO JURÍDICO UNIVERSITÁRIO (DOWNLOAD)

LEIA TAMBÉM
COMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.