Entrevista com Grace Mendonça sobre o livro Democracia: Substantivo Feminino

0
Comentários
0
likes
0
Coment.
0
likes

Grace Mendonça, primeira mulher a comandar a Advocacia Geral da União (AGU), concedeu à Rádio Senado uma entrevista exclusiva sobre a obra Democracia: Substantivo Feminino, organizada por ela e que reúne reflexões de 18 personalidades femininas sobre os avanços democráticos na história recente do Brasil.

Confira, a seguir, alguns trechos da entrevista com a ministra Grace Mendonça:

 

Rádio Senado: Como a senhora analisa a participação feminina na consolidação da democracia brasileira quando a gente olha para o passado recente?

Grace Mendonça: Efetivamente, nós estamos experimentando um processo de contínuo avanço, que tem permitido uma inserção paulatina das mulheres nos múltiplos espaços da sociedade brasileira. E quando falamos nestes espaços, falamos não somente no ambiente físico, como também no ambiente privado e acadêmico.

Observa-se, por exemplo, a participação das mulheres no poder legislativo brasileiro. Na atual legislatura temos cerca de 15% de mulheres participando efetivamente da rotina e das atividades que fazem a diferença na construção das leis do nosso País. É uma participação ainda tímida? É verdade, é uma participação ainda tímida, mas que revela exatamente esse processo de avanço na participação das mulheres, porque quando se compara com a legislação anterior nós tínhamos menos de 10% de participação das mulheres.

Estamos apresentando um avanço e um processo de participação mais efetiva das mulheres e da construção de uma sociedade mais igualitária do ponto de vista de gênero.

 

Rádio Senado: Falando sobre o livro Democracia  – Substantivo Feminino: qual foi o fator que levou à escolha dos nomes dessas mulheres que estão ao seu lado na obra?
Grace Mendonça: Todas essas mulheres são mulheres que construíram uma história capaz de fazer a diferença. São mulheres que trouxeram resultado pelo trabalho. São mulheres que não se curvaram diante das dificuldades. São mulheres que fazem a diferença nas políticas sociais. São mulheres que – porque chegaram lá – dão oportunidade para outras mulheres.

Então, essa obra tem essa virtude de congregar mulheres que conseguiram chegar lá em suas áreas. Daí a riqueza que nós temos ao ler artigos de mulheres que hoje fazem parte do Poder Judiciário, de mulheres que hoje fazem parte da Administração Pública, de mulheres que são verdadeiras doutrinadoras, quando consideramos, por exemplo, o Direito Administrativo, o Direito Internacional. De mulheres que no ambiente privado inovaram, construíram empresas, conseguiram estruturar grandes empresas com número elevado de profissionais engajados. São mulheres que partiram para a área da comunicação, do jornalismo – e, com isso, conseguiram também superar muitas adversidades no passado e que hoje conseguem testemunhar que é possível chegar.

Essa obra, que é uma obra inédita nesse sentido, traz exatamelnte essa inspiração para todos nós.

 

Rádio Senado: Qual é o objetivo dessa obra? 

Grace Mendonça: É alcançar meninas e mulheres que ainda ficam retraídas e à parte – quase que apartadas – de todas as discussões que são colocadas na agenda nacional. O objetivo dessa obra é demonstrar para essas meninas, para essas mulheres, que é possível chegar, participar. O objetivo dessa obra é servir de inspiração.

Mas só para mulheres e meninas? Não, também para homens. Homens comprometidos com a construção de uma sociedade mais igualitária. Homens que possam, no âmbito de suas atuações, compreender a visão e o olhar da mulher e, com isso, abrir mais espaços, colaborar para que a mulher possa entregar sua parcela e sua partipação quando se trata de políticas públicas que são desenvolvidas pela sociedade brasileira.

O que podemos dizer para meninas, mulheres e homens de bem – que querem construir uma sociedade melhor: essa é uma obra inspiradora. Todas as falas dessas mulheres engajadas, que são consubstanciadas nessa obra, retratam na verdade quase que um testemunho de vida, uma profissão daquilo que elas acreditam . É uma obra extremamente inspiradora, que com certeza absoluta servir de apoio a uma única pessoa ficamos muito felizes.

Ouça a entrevista completa em Rádio Senado.

 

Quer saber mais sobre o livro? Então clique aqui!

Democracia: Substantivo Feminino

Leia uma amostra de páginas:

Grace Mendonça | Democracia – Substantivo Feminino

Ouça também o podcast da autora sobre o livro:


Também disponível no YouTube (Clique e assista!).


LEIA TAMBÉM

CATÁLOGO JURÍDICO UNIVERSITÁRIO (DOWNLOAD)

LEIA TAMBÉM
COMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.