Mediação: 3 dificuldades para adotá-la e como superá-las

0
Comentários
0
likes
0
Coment.
0
likes

Neste vídeo, Fernanda Tartuce dá uma aula sobre as dificuldades da mediação e ensina como superá-las.

Para isso, primeiramente, a professora explica o conceito de mediação, esclarece se a mediação empresarial é o melhor método, lista e explica as 3 dificuldades da mediação e ensina como superá-las.

Dê o play e assista agora mesmo!

Dificuldades da mediação: veja quais são e como superá-las

Assista também ao vídeo com noções iniciais sobre mediação em conflitos do consumidor

Se interessou pelo tema? Então, conheça o livro da autora sobre o tema!

A mediação como maneira de alcançar a justiça. Fernanda Tartuce apresenta como a mediação, mecanismo afeito à noção de justiça consensual (não contenciosa), pode satisfazer aos reclamos pela melhor distribuição de justiça na composição de conflitos civis.

A mediação como maneira de alcançar a justiça. Fernanda Tartuce apresenta como a mediação, mecanismo afeito à noção de justiça consensual (não contenciosa), pode satisfazer aos reclamos pela melhor distribuição de justiça na composição de conflitos civis.

Mediação nos Conflitos Civis parte do reconhecimento de que há vários meios alternativos para abordar as controvérsias, sendo assim, aborda um panorama geral sobre as possibilidades de negociação para, então, definir o perfil de conversações proveitosas a partir da conciliação de mediadores.

Por que ter Mediação nos Conflitos Civis?

A principal vantagem da mediação é o resgate da comunicação, iniciativa que permite a adoção de posturas protagonistas dos participantes em relação ao desfecho dos problemas, por meio de uma solução. O estabelecimento do diálogo promovido pela mediação potencializa a obtenção de esclarecimentos, a elaboração de ajustes condizentes com a realidade dos envolvidos e o cumprimento voluntário dos acordos consensuais.


LEIA TAMBÉM

CATÁLOGO JURÍDICO UNIVERSITÁRIO (DOWNLOAD)

 

LEIA TAMBÉM
COMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.