Caio Mário da Silva Pereira

Caio Mário da Silva Pereira nasceu em 9 de março de 1913 em Belo Horizonte. Filho do professor e literato Leopoldo da Silva Pereira e de D. Leonídia Coelho Pereira, seu primeiro emprego foi na Revista Forense aos 17 anos, onde, encarregado de selecionar processos e copiar acórdãos, começou seu contato com a área jurídica. No ano seguinte, em 1931, matriculou-se na Faculdade de Direito de Minas Gerais e passou a atuar como redator da Revista Forense, onde também iniciou sua carreira de escritor. Advogado atuante na proteção dos direitos humanos, Caio Mário foi Consultor-Geral da República do Presidente Jânio Quadros, Advogado-Geral do Estado de Minas Gerais e Secretário de Segurança Pública do mesmo Estado. Como chefe de gabinete do Ministro da Justiça, redigiu os projetos da Lei de Condomínio e Incorporações (1964) e do Código de Obrigações (1965). Foi ainda Presidente do Conselho Federal da OAB em um período bastante conturbado, de 1975 a 1977, entre outros cargos relevantes. No entanto, foi por meio da docência que Caio Mário conseguiu se realizar completamente. Titular da Cátedra de Direito Civil da Faculdade de Direito de Minas Gerais desde 1950, o grande mestre lecionou ainda na PUC/Rio (1965 a 1967) antes de se tornar professor da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1970, onde atuou até se aposentar. Caio Mário faleceu em 27 de janeiro de 2004, deixando sua esposa Marina Célia da Silva Pereira e seus quatro filhos, Clio, Tânia, Leopoldo e Sérgio.

Últimas postagens do autor: